MENU
28 Ago 2019 Dicas Killing - como combinar cores do jeito certo!

Uma dúvida muito comum é sobre como combinar cores na decoração da casa. É por isso que o círculo cromático é uma ótima ferramenta para montar uma paleta de diferentes cores que combine com o estilo do ambiente e, ao mesmo tempo, deixe o cômodo colorido e harmônico.


As combinações mais comuns são entre cores complementares, análogas ou a variação dos diversos tons de uma só cor. Vem conhecer!

 

 

 

 

Cores monocromáticas: por não apresentar contraste e ser super fácil de aplicar em diversos cômodos, a combinação monocromática é a mais clássica e tradicional de todas. Ela consiste em utilizar diversas variações de tonalidades dentro da mesma cor e, por pertecerem ao mesmo espectro, costuma-se usar três juntas. Se você prefere um ambiente mais vibrante, uma ideia legal é acrescentar também um tom de cor neutra para quebrar a monotonia.

 

Cores complementares: são as que possuem maior contraste entre si e, por isso, estão em posições opostas no círculo. Por serem tonalidades fortes, o mais recomendado é que você escolha uma cor para dominar o ambiente e usar a outra cor através de detalhes ou pontos específicos – caso contrário, o ambiente pode ficar muito carregado e as cores conflitantes entre si. Azul e laranja ou roxo e verde, por exemplo, são um exemplo dessa composição e se complementam muito bem!

 

Cores análogas: são aquelas que, de acordo com o círculo cromático, estão posicionadas uma do lado da outra. Uma ótima dica é escolhar cores semelhantes para passar a ideia de unidade ou então intercalar com tons neutros para suavizar o ambiente. Tons de azul, ciano e verde são um ótimo exemplo de cores análogas.

 

 

Com essas regrinhas, você pode criar uma infinidade de combinações lindas, diferentes e super harmônicas. Que tal tentar na sua casa? Temos certeza que a composição vai ficar incrível. ;)

 

COMPARTILHE